domingo, 14 de março de 2010

Alvo

Caíram olhos pesados sobre mim;
sugaram ouvidos atentos,
vomitaram línguas sedentas em mim.

Supuseram pessoas demais sobre o que era
(ou poderia ser)

Beliscaram vozes famintas
por um prato de intriga.
Pesaram sobre mim
olhares amigos estranhos.

2 comentários:

Michi Martins disse...

Está na hora de atualizar esse blog... heheh
De vez em quando venho aqui e leio teu blog, o acho muito interessante! Parabéns,
bjs.

Josias disse...

lindo...

hehe

as vezes nós somos julgados e humilhados e pessoas que não sabem o que realmente está acontecendo tentam nos classificar como inferiores porque não pensamos e não enchergamos a vida da mesma maneira que elas,

o meu objetivo ou alvo não é mesmo que o de outras pessoas, e entendo isso e não quero julgar alguém ou menos pensar mal de alguém, porque o meu alvo é o bem