domingo, 15 de março de 2009

Pelas ruas

Como estes motoristas gaúchos são mal-educados! (Ah! Ainda não estou bem esclarecida sobre a nova ortografia) E mais ainda numa sexta-feira no fim do dia. Desculpem-me os bons motoristas, mas Porto Alegre tem muitos motoristas grosseiros.
Nesta última, por exemplo, eu saía tranquilamente do estágio e caminhava em direção ao Trensurb (e viva o vale-transporte!), atravessava uma rua bastante calma para o horário, uma destas ruas de mão única e que não tem faixa de segurança, quando, nos meus últimos passos, vem um carro a toda velocidade e vira bem na rua que eu caminhava e passou tão perto de mim que eu senti o ventinho. Gente! Que susto!
Claro que este é só um exemplo das muitas coisas que já me aconteceram por estas ruas. Poxa, era sexta-feira, pra quê a pressa?
Eu estive em Gramado há um tempo atrás e lá os motoristas paravam pra gente passar na faixa e, ás vezes, até fora dela. Nós ficávamos esperando com a mesma paciência que somos obrigados a ter na capital e ficávamos simplesmente embasbacados com a educação do pessoal de lá. Não sei se foi alguma ocasião especial, mas era sexta-feira também.
Dizem que Brasília é o lugar que mais respeitam as leis de trânsito. Quando estive lá, não tive a oportunidade de atravessar muitas ruas, mas outras pessoas que tiveram puderam confirmar os comentários.
Então, amanhã eu volto a andar por Porto Alegre e vou levando minha atenção e paciência comigo pra não ser atropelada.

5 comentários:

Lipe M.T disse...

Evita um atropelamento pq eu ainda quero voltar aqui pra ler teu blog.


Abraços...

E um pedaço do meu chocolate.

Anônimo disse...

Oi prima, andei visitando teu blog. Tu e tua irmã escrevem muito bem. Beijos, querida.

Débora

aline. disse...

nem me fala.
por isso é bom nem sair de casa. ainda bem que existe internet: "você viaja sem sair do lugar".
no google ninguém me arranca a perna!

Quem é ela? disse...

Concordo com o Lipe. Quero sempre voltar aqui e ler a Ruiva, sem atropelos... (desculpa, mas não resisti à piada infame com trocadilho idem...)!

Guilherme disse...

Nah, brasília tem um transito bom, mas por outro lado é um dos lugares do país onde mais se tem acidentes idiotas. Azar o meu, que enfrento congestionamento as vezes...
Mas no fundo todo transito é igual, feito de monstroristas nas ruas e pedantes nas calçadas.