sexta-feira, 27 de junho de 2008

O tempo que não existe


Hoje é meu aniversário (pra quem ainda não sabe). Já estou fazendo 20 anos, mas eu não me sinto com 20 anos. Daí, eu paro pra pensar e vejo que a idade não depende do dia que a gente nasceu. Está mais na cabeça. E eu começo a pensar sobre o tempo.
Não é que a aula não estivesse interessante aquele dia, mas a "conversa paralela" estava bem mais. Conversa vai, conversa vem, o Thiago larga esta:
- Qual é o tamanho do presente?
E aí, todo mundo parou pra pensar, mas ninguém sabia responder.
Pô, qual é o tamanho do presente?! O que eu disse a um segundo atrás já é passado e o que eu vou dizer daqui a um segundo, ou até menos que isso, ainda está no futuro. Então, O PRESENTE NÃO EXISTE! Simplesmente não existe. E isso causa uma confusão tão grande que a gente começa a pensar: "o que é o tempo?"

Beijos a todos!

Um comentário:

Josias Cavalcante disse...

Parabéns!!!

tudo de bom!

Que bacana a conclusão!!!
O tempo,,,

Esses dias (há mais de três anos)
Eu tava pensando sobre o tempo e cheguei a conclusão que o infinito é igual a zero, porque o zero é o infinito e o nada não existe,




beijooo